Projetos em andamento

Viva Melhor Sabendo
Cerca de 750 mil pessoas vivem com HIV/Aids no Brasil. Destas, estima-se que 150 mil ainda não sabem ser portadoras do vírus. Enquanto a taxa de HIV na população geral do Brasil é de 0,4%, na de travestis é de 12%. Nos grupos de transexuais, de gays e de profissionais do sexo a prevalência é, em média, de 5%, de acordo com o Ministério da Saúde.
É por esse motivo que o Transgrupo Marcela Prado é umas das ONGs parceiras da Unaids, Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids, no
programa “Viva Melhor sabendo”, que possui a responsabilidade de implementar a
testagem rápida por fluido oral de HIV/Aids entre as populações-chave. Desde a epidemia da AIDS, nos anos 1960, há uma resistência sobre o assunto. Muitos acham que HIV e AIDS são sinônimos de fim da vida e a testagem rápida vem pra desmistificar essa visão.
O teste é feito oralmente pelo fluído extraído da gengiva, com o auxílio da uma haste coletora. O resultado sai em até 30 minutos e por ser um teste simples, sem o uso de sangue, facilita a aderência. Quando um teste de HIV/Aids vem para uma ONG, uma instituição menos formal que um hospital, a procura se torna maior justamente por ser um ambiente em as pessoas possam se sintir a vontade.
O fluído é mais que só a testagem. É dialogo. Quanto antes souber o diagnóstico, melhores as chances no tratamento.

4 comentários:

  1. Respostas
    1. Olá Carlos, estamos sim, venha nos fazer uma visita.

      Excluir
  2. Boa tarde!Me chamo Patrícia,sou do RJ e gostaria de saber se aqui na minha cidade tem alguma ong,que dá suporte a pessoa trans como eu,a encaminhar para algum tipo de emprego que não seja voltada para área de salão de beleza,falo inglês e francês e atualmente consegui na justiça o direito de trocar de nome e sexo.Aguardo retorno
    Meu e-mail:patriciavagnerdasilvadossantos@yahoo.com.br

    ResponderExcluir